Filme: À Procura da Felicidade

Resumo

“À procura da felicidade” (The Pursuit of Happyness) é um filme emocionante e sensacional.

Baseado numa história verídica, o filme apresenta a história de um homem que estava enfrentando diversos problemas e conseguiu superá-los. Tudo o que tinha de acontecer de errado com ele, basicamente aconteceu.

O começo do filme mostra a vida de um casal. Eles têm um filho e ambos trabalham para sobreviver. Ele(Chris Gardner) é vendedor, mas infelizmente o casal investiu em um produto (equipamento odontológico – scanners ósseo) que não teve muita saída no mercado, como eles esperavam. Então, ele não conseguia vender os scanners.

Por causa dos problemas financeiros, o casal tem diversas discussões. A mulher resolve deixar o marido. Ele fica com o filho e tem a responsabilidade de sustentar e cuidar do menino. Para piorar a situação, ele perde o carro, não consegue pagar o aluguel. Ele procura um emprego numa empresa muito reconhecida, empresa de investimentos.

Justamente um dia antes da entrevista de emprego, ele é preso por não pagar as multas de trânsito e é obrigado a ficar uma noite na prisão. Como ele estava pintando a casa (o dono da casa deixou ele ficar mais uma semana nesta casa, se ele pintasse), ele ficou uma noite na prisão e todo sujo de tinta. A entrevista de emprego era no outro dia, bem de manhã. Ele saiu da prisão e foi direto para a entrevista de emprego, todo sujo.

Na entrevista, ele é criativo e sincero, usa do bom humor para contar o que houve. Os diretores da empresa aceitam ele como um “estagiário”. A proposta é que ele trabalhasse 6 meses sem receber nada, fazendo um período de estágio e avaliação.  Cris Gargen pensa em desistir de fazer este estágio, afinal, ele precisa de dinheiro para sustentar o filho.

Por fim, ele aceita o desafio, continua vendendo os últimos scanners que ainda lhe restam. Passa algumas noites no metrô com o seu filho, passa um período no abrigo, afinal, ele ficou sem moradia. No final, depois de tanto estudar e trabalhar duro no estágio, ele consegue ser efetivado na empresa, alcança um sonho e de certa forma, encontra a Felicidade. O filme termina expondo que ele monta a própria empresa e se torna um milionário.

Reflexão

O filme  aborda o “sonho americano” de alguém que está lá embaixo e através de muito trabalho ele consegue superar e crescer. É claro que, por se tratar de um filme, alguns detalhes da história real não são apresentados e por ser um filme Hollywoodiano, tem alguns exageros. Mas é um excelente filme.

Através do filme, percebemos que apesar das dificuldades, Chris não desiste de lutar, de cuidar do seu filho, de batalhar para alcançar uma vida melhor. Ao invés de ficar reclamando, murmurando e esperando algo do governo, ele vai a luta e alcança um sonho.

Eu diria que muitas pessoas se acomodam e vivem sempre na mesma. O filme vem despertar a importância do trabalho duro, da esperança, da disciplina, de manter os valores mesmo diante das dificuldades. Eu creio que muitas pessoas alcançaram uma vida melhor, devido a sua criatividade, perservarança, trabalho duro, honestidade e fé.

Aqui no Brasil, poderia citar o fundador das Casas Bahia, poderia citar como exemplo o Silvio Santos. Pessoas que não tinham praticamente nada e hoje são grandes empresários. O filme brasileiro “Os Filhos de Francisco” (Zezé Di Camargo e Luciano) também apresenta a história de uma família que melhorou de vida, depois de muita luta, esperança, perservarança e trabalho duro. Estes exemplos inspiram as pessoas a acreditar, a perservarar, a lutar, a trabalhar duro, ter disciplina.

Agora, eu não sou ingênuo de dizer que todo mundo que trabalha duro consegue se tornar um milionário, um empresário ou uma dupla sertaneja de sucesso. Entre uma história de sucesso de uma dupla sertaneja, existem centenas de duplas que seguiram o mesmo caminho, mas não obtiveram o mesmo resultado.

Existem diversas famílias que lutam duro, perservaram, mas não alcançam toda esta riqueza ou sucesso. É notável que existe uma desigualdade social violenta no mundo, que enquanto uma minoria desfruta das riquezas, a maioria passa por dificuldades e uma boa parte vive na miséria.

Entrentanto, ainda que existam todos estes problemas no mundo, creio que o caminho ainda é perservarar, ter esperança, lutar, trabalhar duro, ter fé. E se por acaso, acontecer de chegar a ser um milionário, que possa usar esta riqueza para abençoar outras pessoas.

Infelizmente, na concepção do mercado, as pessoas acreditam que para UM ganhar, todos os outros têm que perder. Esta é uma realidade. Buscando um sistema alternativo, crendo que um novo mundo é possível, creio que o caminho é quando todos vencem e ganham. Não necessariamente o outro precisa perder quando eu ganho.  Jogamos no mesmo time, somos todos humanos.

Mas, por outro lado, eu também não sou ingênuo de crer que o socialismo ou o comunismo é o caminho. A história tem demonstrado que a natureza humana é má. Um sistema “igualitário” sem a transformação do caráter humano, da natureza humana, seria uma furada, como no passado já demonstrou não funcionar. Sabemos que, enquanto muitos trabalham, muitos outros não fazem nada. E num sistema igualitário, isto persistiria, muitos iriam trabalhar duro, enquanto outros não fariam nada, e assim, todos ganhariam a mesma coisa, com os mesmos direitos.

A transformação não pode ser de fora para dentro. O problema não está somente no sistema, mas quem criou o sistema e quem alimenta este sistema: o ser humano. A transformação começa de dentro para fora. O caráter humano / a natureza humana precisa ser transformada por Deus para que haja amor a Deus e amor ao próximo. Aí sim, conseguiríamos uma sociedade justa, com harmonia, com paz, onde todos ganhariam, não somente alguns.

Anúncios
Publicado em Filmes. 1 Comment »

Filme: Click

O Resumo

O Filme Click é muito interessante. Ele retrata a importância de valorizar o tempo, ter prioridades e como certas decisões influenciam a nossa vida toda. Michael Newman (Adam Sandler) é casado, tem dois filhos. Ele encontra um Controle Remoto “Mágico”, instrumento no qual ele consegue avançar o tempo da sua vida, automatizar certas decisões.

Com este controle remoto, ele procura avançar (pular) certas “situações” da sua vida, na qual, ele não considera tão importante. Ele pula o período que fica doente. Ele avança um encontro de família.

Com isto, quando ele menos espera, o controle remoto já consegue ter vida própria, pois se adaptou as decisões dele. Ele perde o crescimento dos seus filhos, negligencia o seu casamento. Ele consegue um crescimento profissional. Porém, praticamente perde a sua família, perde o seu casamento e também sua saúde.

No final, tudo não passa de um “sonho”. Ele tem a oportunidade de recomeçar a sua vida, priorizando aquilo que é mais importante.

Reflexão

Ultimamente, vários filmes tem tratado deste tema: o que é importante nesta vida ? Quais são as prioridades ? O que é importante e o que é secundário ?

A importância de valorizar O TEMPO.

Realmente, o tempo é único. Aceitamos ou não, o tempo não pára. Nós gostaríamos que o dia tivesse 48 horas, mas será que saberíamos administrar ? Se não conseguimos muitas vezes administrar 24 horas, não seria aumentando o tempo, que resolveria nosso problema com o tempo.

Para aqueles que não gostam da “rotina”, encontram maior dificuldade para ter um estilo de vida mais regrado. Creio que é possível administrar o tempo e ao mesmo tempo, ter uma vida dinâmica e não necessariamente ter uma vida monótona.

Investindo pouco tempo, mas sempre (constantemente), conseguimos muitos frutos em diversas áreas. Por exemplo: Especialistas afirmam que fazer uma caminhada de 30 minutos por dia, é suficiente para uma boa saúde; além de alimentação balanceada. Outro exemplo: Treinando 1 hora por dia num instrumento musical, em 5 anos, você está especialista.

O que é mais importante ? Definindo as priodades

Cientes que é importante valorizar o tempo, administrando, planejando, priorizando as coisas mais importantes, precisamos definir o que é primordial e o que é secundário.

Algumas áreas: Fé, Família, Crescimento Profissional, Saúde, Finanças, Relacinamentos (Amizade), entre outras.

» A Família / Relacionamento Amoroso

Hoje, por causa da correria pela sobrevivência e muitas vezes, por causa da ganância de acumular bens, conseguir status social, a família tem sido negligenciada. O casamento está em baixa. Nota-se um alto índice de separações, divórcios. Existem alguns males do nosso século que atingem os relacionamentos humanos em geral:  Individualismo, Materialismo, Consumismo, Hedonismo, Cinismo, entre outros.

Muitos optam por viverem sozinhos em função do seu crescimento profissional. E é claro que caminhar sozinho, pode inicialmente parecer mais fácil, mais rápido. Afinal, você não precisa esperar ninguém nesta caminhada, não precisa dividir recursos, não precisa ajudar. Entretanto, caminhar sozinho na vida em geral, é uma decisão que não supre o sentido da vida, não resolve uma área da nossa vida:  amar e ser amado. Além disto, caminhar sozinho pode ser uma fuga para não encarar o crescimento, a maturidade.

Caminhar junto com outra pessoa, construir uma história, constituir uma família, é uma decisão difícil, um caminho mais apertado. Todavia, é o caminho do crescimento e da maturidade. Amar e ser amado, ajudar e ser ajudado, sonhar junto com outra pessoa, faz parte do Sentido da Vida.

Muitos conquistam diversas posições sociais; onquistam bens materiais, conforto, luxo, riqueza e chegam no final de suas vidas, com um sentimento de frustração. Conversando com pessoas maduras, idosas, experientes, elas compartilham que as coisas mais importantes da vida estão vinculadas com : relacionamentos humanos ( Casamento, Amizade, Relacionamentos de pais e filhos, relacionamento familiares).

Temos também, relacionamentos familiares. Relacionamento com os pais, irmãos, primos, tios, avós. O tempo voa, quando menos esperamos, vem as surpresas. Em muitas casos precisamos recuperar relacionamentos, resolver conflitos familiares, pedir perdão, liberar perdão. Nos relacionamento familiares, se amamos nossos parentes, devemos demonstrar este amor de forma concreta, passando tempo juntos, expressando verbalmente o nosso amor. Depende da educação que tivemos, da personalidade, temos facilidade ou não, de expressar os sentimentos; cada pessoa tem a sua linguagem do amor.  (Vou comentar sobre estas linguagens na reflexão do livro: Cinco Linguagens do Amor)

» A saúde

Seguindo a mesma linha de raciocínio, não tem muita lógica gastar todas as energias para conquistar um “crescimento profissional”, estabelidade financeira e não cuidar da Saúde. Tem pessoas que perdem a saúde para conquistar dinheiro e depois, gastam todo o dinheiro conquistado para recuperar a saúde.

É importante pensar numa atividade física permanente. Praticar um esporte que temos prazer. Agora, não é recomendado praticar esporte somente nos finais de semana, como por exemplo: futebol; Isto é um crime ao coração. Fazer caminhada diariamente ou encarar uma academia é um caminho excelente.

Nos primeiros dias de academia, de atividade física, ficamos empolgados e depois vem a fase mais complicada, fase na qual precisamos CRIAR o Hábito de praticar estes exercícios. Muitos desistem quando chegam nesta fase.

A comida balanceada é primordial para ter uma vida saudável. Comer nos horários certos. Beber muita água diariamente. Comer frutas, verduras, legumes. Tomar cuidado com acúçar.

» Amizade

É natural que alguns amigos que deixaram suas marcas se distanciam ou se tornam “amigos de estrada”. Existem pessoas que entram e saem das nossas vidas, que fazem uma diferença enorme. Porém, por decisões, por mudança de cidade, país, eles somem e perdemos contato. Existem outros amigos que permanecem para sempre.

Ter amigos é saudável. Com esta sociedade competitiva, muitos perdem amizades por causa da sua ganância, inveja, falta de amor ao outro. Com esta atitude egoísta, a amizade é usada como ferramenta para benefício próprio. Enquanto o relacionamento está me beneficiando, eu continuo com a amizade, depois que não me interessa mais, eu descarto. É típica da sociedade do descartável.

O desejo por relacionamento está embutido em nosso ser. Não somos uma ilha para vivermos isolados. Os amigos são importantes na caminhada. Sem amigos, com quem iremos compartilhar as vitórias, alegrias ? E com quem iremos dividir as tristezas, frustrações?

» A Fé

Com a influência do iluminismo, exercer a fé para muitos é uma atividade de pessoas sem conhecimento, iletradas, ignorantes. O engraçado é que a própria ciência de certa forma exerce uma “fé”. O cientista antes mesmo de descobrir algo, ele crê que é possível, ele imagina. A ciência trabalha com uma verdade relativa / temporária. O que temos como verdade hoje, segundo as ciências, amanhã pode ser considerado ultrapassado, errado, falso, um engano.

Uma pessoa que exerce a sua fé em Deus, no Criador de todas as coisas, ela consegue ter uma vida mais equilibrada, em Paz, alegria, ânimo. E se temos que priorizar as coisas mais importantes, eu diria que o relacionamento com Deus é a base da nossa vida.

Este relacionamento deve ser genuíno. Permitir que Ele faça parte da nossa vida de forma integral. Como Cristão, creio que Cristo é a fonte de vida, a água da vida que sacia a nossa sede. E através deste relacionamento com Jesus Cristo, nós vivemos Livres, Perdoados, Reconciliados com Deus, com Paz.

» Crescimento Profissional / Pessoal

Na área de Crescimento Profissional e crescimento em geral, é importante o aperfeiçoamento dos nossos dons.  O crescimento não acontece de forma automática.  Crescimento não é somente obter informações, pois diversas pessoas tem muito conhecimento, mas não sabem o que fazer com tanto conhecimento.

O aperfeiçoamento contínuo é a chave para o crescimento.  É interessante ter metas, objetivos, planejamento para o crescimento. Creio que todos nós temos certas “vocações” ou “vocação”, e a vocação faz a grande diferença. Quando entendemos qual a nossa “vocação”, nossos dons, conseguimos ter foco e investir na área certa. Valorizando nossas virtudes e trabalhando na área certa, termeos uma realização profissional.

Por causa do Mercado de trabalho atual (Máquina Global), com suas mazelas, nós buscamos a “estabilidade financeira”. Muitas pessoas desistem de suas vocações, estão pouco preocupadas com a atividade que irão realizar, mas estão mais preocupadas com o salário que irão receber. Hoje, no Brasil, as pessoas estão em busca dos Concursos Públicos, que tem garantia de emprego garantido, massssss não tem garantia da realização profissional.

Eu entendo que nem sempre é possível trabalhar na área que almejamos, o emprego que desejamos, mas pelo menos, podemos ter um alvo:  lutar para chegar no emprego tal, na área tal.

» Finanças

Publicado em Filmes. 1 Comment »

Filme: Como se fosse a primeira Vez

Resumo

O filme conta a história de um veterinário chamado Henry Roth  ( Interpretado por Adam Sandle) que é considerado o “pegador”. Ele não pode nem ouvir falar de casamento ou de compromisso sério. Ele apenas quer curtir a vida e vive pegando as turistas do Havaí.

Num certo dia, ele se encanta por uma jovem Lucy Whitmore (Drew Barrymore. Ele procura conquistá-la, acreditando que vai ser mais uma das suas conquistas. Desta vez a situação é diferente. O jovem veterinário acaba se interessando pela professora Luc, mas ela tem um problema de FALTA DE MEMÓRIA.

A história antes do veterinário Henry conhece-la é a seguinte: Ela sofreu um acidente de carro juntamente com o pai dela e a partir deste momento, ela só se lembra das coisas que aconteceram até um pouco antes do acidente. Então, todos os dias, ela vive o mesmo dia, esquecendo das coisas novas.

Diante deste problema, Lucy não se lembra de Henry e o jovem veterinário é obrigado a conquistá-la todos os dias. Todos os dias ele inventa uma forma de conquistar a mulher da sua vida.


Henry cria uma forma bem criativa de fazer com que Lucy acompanhe as novidades, os acontecimentos e sempre permanece ao seu lado, conquistando diariamente.


Reflexão

O filme retrata exatamente dos desafios de um relacionamento amoroso. Ainda que a jovem tenha problema de memória e na grande maioria dos relacionamentos, este problema não existe, todo relacionamento precisa ser alimentado diariamente. É interessante ressaltar algumas ATITUDES que o Henry teve que ter para manter o relacionamento com a Lucy.

A Decisão de Amar

Quando somos adolescentes, vivemos alguns amores platônicos. Imaginamos que alguém vai cair do céu e bem exatamente no nosso quintal. E além disto, imaginamos que esta pessoa vai ser perfeita: aparência física que nos atraia, inteligente no último, que goste de todas as coisas que gostamos, que pensa igualzinho como pensamos e que nos ame intensamente.

Não vejo nada de errado em crer que existe alguém especial e que possamos viver a vida toda ao lado desta pessoa. O problema é criar uma expectativa além do que a outra pessoa possa ser ou possa fazer. O sentimento inicial é maravilhoso, alguns o chamam de paixão. O seu coração dispara, você vive uma euforia e adrenalina ao mesmo tempo. Sente saudades. Tem ciúmes. Sonha com a pessoa.

Contudo, quem já teve um relacionamento sério (longo), sabe que a pessoa amada tem defeitos e aquele sentimento inicial ou vai embora, ou então amadurece. Esta é a grande questão do relacionamento amoroso.

O segredo do relacionamento amoroso é que, o amor não é somente sentimento, mas ele também é Caminho, é uma Decisão a ser tomada, um compromisso a ser feito. É a decisão de amar a outra pessoa. E este amar é um caminho a ser trilhado, formado por atitudes bem concretas: cuidar, ouvir, compreender, respeitar, ajudar, caminhar junto, chorar juntos, sorrir juntos, crescer juntos.

É interessante no filme que Henry TOMA A DECISÃO de Diariamente conquistá-la. Ele tinha outras opções, outros caminhos. Ele poderia muito bem ter partido para outro relacionamento, um relacionamento mais fácil. Entretanto, ele toma a decisão, porque quem ama segue o Caminho do Amor: compromisso de amar a pessoa.

Esta decisão deve ser feita por ambos (homem e mulher).

As linguagens do Amor

Eu pretendo comentar aqui no Blog o livro chamado “Cinco Linguagens do Amor”. O autor Dr. Gary Chapman apresenta a seguinte tese: Cada pessoa tem um idioma principal do amor e para amar e sentir amado, a pessoa precisa descobrir o seu idioma e descobrir o idioma do seu amado / da sua amada. A pessoa deve amar a outra no idioma da outra pessoa e ser amado no seu idioma. Então, o casal tem o compromisso de amar a pessoa de forma que ela sinta-se amada. É muito interessante esta tese.

No filme, Henry se preocupa em fazer a outra pessoa feliz. Ele tem o compromisso de conquistá-la. O jovem veterinário se torna especialista dos desejos, dos gostos da sua amada.

Compromisso

Hoje, com o lema “cada um por si, Deus por todos”, qualquer problema no relacionamento é motivo de terminar, de se separar. Infelizmente, o individualismo, materialismo, competitividade, ganância, têm feito com que muitas pessoas não vivam um relacionamento sério, profundo, duradouro e saudável.

Você encontra pessoas com uma idade razoável, mas sem maturidade, sem crescimento pessoal.  E um dos motivos é a falta de compromisso com a outra pessoa. Se manter fiel.  Superar os problemas. Ter o compromisso de alimentar a fogueira do amor diariamente.

Amor é Atitude também.

Criatividade

Na grande parte, no começo dos relacionamentos, o clima de romantismo é intenso. As declarações de amor são constantes, presentes, flores, chocolates, cartões, passeios, cinema. Com o passar o tempo, em muitos relacionamentos, a relação fica tão monótoma, sem graça, sem desafios, sem aventura, sem graça.

Henry foi muito criativo para manter o relacionamento com a Lucy. A criativamente é importante. No livro “Homens são ostras e mulheres pés-de-cabra”, o autor afirma que é possível manter a chama da paixão acesa, ter sentimentos e ao mesmo tempo, ter atitudes, compromisso, respeito. O amor não é só sentimentos bons, é compromisso, decisão, atitudes, um caminho a ser seguido. Porém, com criatividade é possível manter os sentimentos, manter aceso o fogo do amor / paixão (Paixão no sentido de sentimentos de atração, de saudades, de alegria, típicos do início do relacionamento).

Crescimento

No relacionamento amoroso, percebemos que muitas pessoas estão preocupadas apenas consigo mesmas. Elas visam o seu próprio crescimento, benefício. Num relacionamento saudável, cada pessoa se preocupa com o crescimento da outra pessoa e asism, ambos crescem juntos. É um caminho de crescimento, de alcançar a maturidade. Suportar os defeitos do outro, estar disposto a crescer, a tolerar, a respeitar o diferente.

Amizade

Alguns dizem que os opostos se atraem. Contudo, no relacionamento amoroso, as pessoas que tem mais afinidades, gostam de certas coisas em comum, sonhos em comum, mentalidade, visão de mundo, é que tem uma probabilidade bem maior de darem certo. Os opostos podem até se atrair, mas não significa que é um fator para MANTER um relacionamento sério, profundo, duradouro.

É primoridal que você sinta-se bem ao lado da pessoa, tenha prazer de fazer atividades juntos. A pessoa amada torna-se sua melhor amiga / o seu melhor amigo. É claro que, você ter amizade com a pessoa amada, jamais isenta você de ter outros amigos. Ter outros amigos é essencial para a vida.

Agora, não adianta se relacionar com uma pessoa que você não se dá bem, pensam totalmente diferentes, estilos de vida diferentes, visão de mundo diferente. Não fazem atividades juntos. Não adianta serem bons apenas na cama e serem incompatíveis nas outras atividades.

Publicado em Filmes. Leave a Comment »